Satisfazendo o apetite francês pela inovação

The director and owner of French company SMPL, Olivier Goëtnick (left), as well as the company's technical chief, Gérard Jobin (right), are eager to try Sandvik's new product releases. Here with Josselin Blanchet of Sandvik Coromant in France (middle), who says the partnership between the two companies is invaluable.

Com sua filosofia pioneira em relação à novas tecnologias, a empresa francesa SMPL tornou-se um inestimável parceiro de testes das inovações das ferramentas Sandvik.

A SMPL (La Société de Mécanique du Pays de Lanvaux), perto do povoado francês de Rochefort-en-Terre, é uma história de sucesso regional. Na última década, o negócio de usinagem dobrou sua receita, triplicou sua equipe e quadruplicou seu espaço de trabalho.

Eu sempre assumi riscos e valeu a pena. Se você não arriscar, não chegará a lugar algum

Atualmente, ela serve como piloto de teste para as ferramentas mais recentes da Sandvik Coromant e fabrica peças personalizadas para tudo, da indústria agrícola até o setor aeronáutico. Ela deixou de ser um negócio local na Bretanha para se tornar uma empresa voltada para o mundo, enviando para países como China, Brasil e África do Sul.

Um movimento ousado

A transformação pode ser creditada a Olivier Goëtnick, um jovem empreendedor dinâmico de um povoado próximo. Goëtnick sabia tudo sobre oficinas mecânicas. Ele comprou sua primeira oficina quando tinha 32 anos. A SMPL foi a segunda, comprada dois anos depois. Ele adquiriu uma terceira pouco depois.

Olivier Goëtnick e sua empresa, SMPL, são pioneiros na adoção de novas tecnologias.

"Quando cheguei, a SMPL era apenas uma oficina com 12 colaboradores", lembra Goëtnick, agora diretor e proprietário. "Os donos estavam se aposentando, e a empresa não crescia e não se reinventava mais. Se tivéssemos continuado daquela forma, não estaríamos aqui hoje".

A reviravolta da SMPL começou com um risco. "Sempre assumi riscos e valeu a pena", explica Goëtnick. "Se você não arriscar, não chegará a lugar algum."

Mas, neste caso, o tiro quase saiu pela culatra.

Isso mudou tudo. E o final foi perfeito.

Há cerca de cinco anos, uma empresa especializada em células robóticas e uma das líderes de mercado em rebarbamento de peças fundidas para marcas famosas de automóveis do mundo todo, como a Renault e a Peugeot, ofereceu à SMPL um grande negócio. A SMPL aceitou – a empresa estava ansiosa para entrar em um novo mercado – mas as coisas logo se complicaram.

"Nós trabalhamos muito", lembra Gérard Jobin, braço direito de Goëtnick e gestor técnico. "Estávamos perdendo dinheiro, em vez de ganhar, porque gastávamos pelo menos 15 horas-homem em cada peça. Não havia esperança."

A Sandvik fez a diferença

Sem querer deixar o negócio, a equipe da SMPL voltou-se para a Sandvik Coromant, uma marca que tinham ouvido falar entre os concorrentes e investiu na linha Silent Tools do Grupo.

"Isso mudou tudo", conta Jobin. "De repente, gastávamos apenas 10 horas em cada peça, e o acabamento ficou perfeito."

O desempenho das ferramentas de torneamento CoroTurn® Prime impressionou tanto o gestor técnico da SMPL, Gérard Jobin, que ele postou um vídeo antes do lançamento oficial.

A experiência marcou o início de uma colaboração significativa entre a SMPL e a Sandvik Coromant. A ânsia da SMPL em testar as novas ferramentas, juntamente com seu perfil "pioneiro", acabaria por torná-la uma parceira de testes dos produtos da Sandvik Coromant, incluindo os sistemas de ferramentas CoroCut® QD, CoroTurn® 300, CoroTurn® Prime e, mais recentemente, o CoroCut® QD para corte no eixo Y, que chegou ao mercado em 1º de outubro de 2017.

"Eu não pude acreditar quando vi o CoroTurn Prime pela primeira vez na empresa", lembra Jobin, descrevendo sua capacidade de torneamento em todas as direções.

Parceria inestimável

Ele ficou tão impressionado que fez um vídeo e o postou duas semanas antes do lançamento oficial da ferramenta. No dia do lançamento, tinham mais de 11.000 visualizações.

Nossa parceria é baseada em uma enorme confiança e uma verdadeira troca de conhecimentos.

Josselin Blanchet, da Sandvik Coromant na França, diz que a colaboração SMPL-Sandvik Coromant é inestimável.

"Nossa parceria é baseada em uma enorme confiança e uma verdadeira troca de conhecimentos", diz Blanchet. "Somos extremamente sortudos."

    Anders Lindh

    O aumento da conectividade e as soluções em nuvem ajudam a reduzir custos, aumentar produtividade e gerenciar variabilidade em indústrias de todo o mundo. Anders Lindh, da Sandvik, explica como.