O último parafuso substituído no navio Vasa

Os carpinteiros no Museu Vasa montam os novos parafusos de aço inoxidável no navio Vasa utilizando uma chave especialmente desenvolvida para essa tarefa.

Mais de 4.000 parafusos enferrujados do navio de guerra Vasa foram substituídos por parafusos de aço inoxidável de alta liga Sandvik.

Em 2011, a Sandvik foi escolhida pelo museu Vasa para uma cooperação única de pesquisa e desenvolvimento de longo prazo para salvar o tesouro nacional Vasa, já que o casco de carvalho do navio estava ameaçado por vazamento em função da ferrugem de seus parafusos. Nesse projeto conjunto, os parafusos antigos foram substituídos por parafusos de aço inoxidável duplex de nova geração.

O trabalho está agora concluído e um novo capítulo está sendo iniciado para o navio Vasa, com parafusos que durarão pelo menos 150 anos.

Leia a informação completa (em inglês) no website global do Grupo Sandvik

Fatos sobre o Vasa

O navio Vasa virou e afundou na sua primeira jornada em Estocolmo no ano de 1628, devido a problemas em sua construção. Depois de 333 anos no leito do mar, foi recuperado e hoje o Vasa é o único navio do século XVII preservado do mundo. O museu Vasa é o museu mais visitado da Escandinávia.