Materiais da Sandvik ajudam a reduzir o consumo de energia

O número de casas e estabelecimentos equipados com ar condicionado deve aumentar significantemente nos próximos anos. As fitas de aço da Sandvik para válvulas em compressores de refrigeração ajudam a reduzir o consumo de eletricidade e consequentemente reduz a emissão de CO2.

Os estados unidos consomem mais energia em equipamentos de ar condicionado do que todos os outros países juntos. Contudo, como a economia e a temperatura dos mercados emergentes seguem crescendo, o número de aparelhos e a demanda energética deles também aumentam. Recentemente, os EUA superaram a marca de cem milhões de casas equipadas com aparelhos de ar condicionado. Estima-se que a China alcance o mesmo patamar em 2015. Em 2010, 50 milhões de lares chineses contavam com o equipamento.

O aumento da demanda tem levado muitos fabricantes de refrigeradores e aparelhos de ar condicionado a buscar materiais alternativos mais eficientes para novas aplicações de baixo consumo de energia. Muitos países também introduziram legislações destinadas a reduzir o consumo. Na China, um dos principais fabricantes de compressores teve que renovar seu produto para cumprir as novas regras. A empresa buscava um material com elevada resistência à fadiga e alto desempenho e escolheu as Fitas de aço Sandvik Hiflex® para as válvulas dos compressores. Coletivamente, estima-se que este movimento tenha ajudado a reduzir o consumo de energia elétrica do país em cerca de 25 TWh por ano – com a consequente redução das emissões de CO2 em 225 milhões de toneladas anuais.